130.º aniversário da SFUAP
Associativismo

A Sociedade Filarmónica União Artística Piedense foi fundada a 23 de outubro de 1889. São 130 anos ao serviço da Cultura, Recreio e Desporto.

No âmbito dos 130 anos da Sociedade Filarmónica União Artística Piedense (SFUAP), no dia 24 de novembro, realizou-se a sessão comemorativa do aniversário desta histórica e centenária coletividade almadense.
 
Na cerimónia estiveram presentes representantes de várias coletividades e instituições, bem como membros das autarquias locais, nomeadamente a presidente da Câmara Municipal de Almada (CMA), Inês de Medeiros, a vereadora Teodolinda Silveira e José Joaquim Leitão, presidente da Assembleia Municipal de Almada.
 
Em dia de festa não podiam faltar as prendas e o Município de Almada ofereceu à SFUAP uma oliveira, «sinónimo de perseverança e longevidade», afirmou Inês de Medeiros, tendo a presidente da CMA anunciado que «esta árvore fará parte do futuro Jardim do Associativismo de Almada».
 
Durante esta sessão solene foram ainda distinguidos os associados que perfazem 25 e 50 anos de filiação.
 
Participaram também, com diferentes atuações, a Banda Filarmónica da SFUAP, a Escola de Música, as classes de Ginástica Acrobática e Rítmica e de Dança Contemporânea.
 
Os sócios fundadores
 
Fundada a 23 de outubro de 1889, a SFUAP teve como sócios fundadores:
 
- José António Gomes
- Domingos Da Saúde
- António Francisco Caramelo
- Artur Ferreira De Paiva
- António Pedroso
- António Vicente Padrão
- Carlos Ahrends
- Daniel Andrade
- Francisco Maria Batista
- Manuel Tavares
- António Xavier Araújo
- Salustiano Andrade Paiva
 
25/11/2019