Teatro Municipal Joaquim Benite->

Teatro Municipal de Almada

Teatro Municipal de Almada

O Teatro Municipal de Almada, inaugurado a 17 de Julho de 2005, torna mais rica a rede de infra-estruturas culturais do concelho, projectando ainda mais a tradição cénica de Almada, que todos os anos recebe o reconhecido Festival Internacional de Teatro, o Festival Semente e organiza a Mostra de Teatro, para além de uma vasta programação durante todo o ano.

O novo Teatro Municipal está preparado para receber espectáculos de ópera, de música clássica, de jazz, de dança, garante espaços para exposições e café -concertos e não esquece as crianças, disponibilizando-lhes uma sala ATL pronta para as envolver em inúmeras brincadeiras, enquanto os espectáculos decorrem.

Os espaços de encontro multiplicam-se nesta Casa da Cultura, de grande escala, com rasgadas varandas sobre a cidade e sobre o rio.

Dispõe de 12 camarins com capacidade para 36 actores, um camarim colectivo para cerca de 20 pessoas, várias salas de trabalho, uma carpintaria com 200 m2, lavandaria, sala experimental e um pequeno apartamento para receber o encenador convidado.

Nesta obra municipal Almada passou a ter uma das mais importantes salas de espectáculos não só a nível regional , mas também nacional, com a segunda maior boca de palco do País.

Com a construção desta casa de cultura de nível internacional, a Câmara Municipal dá um importante impulso ao desenvolvimento da cultura em Almada, mas também ao crescimento do Teatro em Portugal.

Em homenagem a Joaquim Benite, falecido a 5 de dezembro de 2012, a Câmara Municipal de Almada decidiu atribuir o seu nome ao Teatro Municipal de Almada. A decisão foi tomada por unanimidade em reunião pública de Câmara, 14 dias após a morte deste diretor da Companhia de Teatro de Almada e do Festival de Almada.

Projecto
Espaços e Serviços
Localização e Horários