Almada Velha em Festa 2012
Comemorações
Durante o mês de junho de 2012
Horário
Horários sob consulta
Local
Vários espaços do centro histórico de Almada
localizar no virtual earth
Almada Velha continua em festa com muita música, teatro, arraiais e animações de rua. Neste sábado, 30 de junho, há Oficinas para Famílias no Museu Naval, Tons de Jazz e Teatro no Jardim do Rio.
Durante o mês de junho, Almada Velha, com os seus largos, ruas, jardins e vários equipamentos culturais, vai ser palco de um programa específico de arraiais e animações, que integra as Festas da Cidade de Almada
   
Para além dos já habituais arraiais e festas populares, haverá animações com concertos, espetáculos de rua, teatro e artesanato a acontecer nas ruas, praças e jardins da cidade. 
     
Venha participar nestes eventos e usufruir dos recantos de Almada Velha.
   
Programa completo 
 
consultarPDF 7 MB
  
Destaques
                     
30 de junho (sábado) - 16h/17h30
Oficinas para as Famílias
"Emoldurar Paisagens"
Local: Museu Naval
A partir de objetos de desperdício (pedaços de mobília, embalagens, madeiras) serão criadas molduras para expor ... nada...
Depois o nada será convidado a sair de cena... Pedaços da paisagem, notícias de jornal, colagens ou desenhos vão explorar o vazio e ocupá-lo. As molduras, depois da súbita inundação visual, terão de procurar o seu lugar na urbe - um ramo de àrvore? uma varanda? um banco de jardim?
Aí ficarão, contemplando-se mutuamente e aguardando o olhar dos caminhantes...
Organização: Associação Cultural Mundo do Espetáculo


30 de junho (sábado) - 18h
Tons de Jazz
Maria Moça
Local: Jardim do Rio, Almada

Berta Azevedo- Voz
Paulo Rosa - Guitarra
João Novais- Contrabaixo
Tim Chernov- Bateria
Jazz, Soul, Pop e Bossa Nova, do standard ao mais moderno, assim se constrói o repertório que a “jovem cantora” trás consigo. Possuidora de uma personalidade invulgar com caráter interpretativo dificilmente confundível, Maria Moça, assume a forma de quarteto com músicos que têm partilhado o seu percurso no Jazz. Apresentando um repertório que não se restringe a um único universo estilístico, abraça uma paleta de sons e cores que se fundem numa homenagem a grandes vozes e composições.
Organização: Câmara Municipal de Almada


30 de junho (sábado) - 19h45
Teatro
Vertigem - Teatro, poesia de Arthur Rimbaud
Local: Jardim do Rio, Almada
Interpretado por jovens adolescentes "Vertigem" é um espectáculo de teatro com textos e poemas de Arthur Rimbaud que escreveu toda a sua obra entre os 15 e 19 anos e incarna ainda hoje a ambição do homem de não se submeter, de dominar a sua vida e de querer transformar o mundo. "Vertigem", um espectáculo para dizer a beleza, o amor, a sensualidade, o voo e a claridade. Para dizer as palavras vertiginosas da sua sede de absoluto, da sua inocência, das suas impaciências, exasperações e furores. Para dizer este longo, imenso e ponderado desregramento de todos os sentidos.
  
Intérpretes
: Cátia Almeida, Daniel António, João Pedro Monteiro, Pedro Pais, Pedro Russo, Rebeca Duarte, Rita Carvalho, Sandra Matoso, Tatiana Dias, João Pedro Mamede, Francis Seleck Dirigidos por: Francis Seleck (encenação e figurinos) Catarina Pé Curto (vídeo e figurinos) Pedro D’Orey (voz e dicção) João Pedro Mamede (assistente de encenação). Duração: 60 min.
Org: Mundo do espectáculo

organização
Câmara Municipal de Almada
condições de participação
Participação livre
informações

Câmara Municipal de Almada
Divisão de Ação Sociocultural
Tel.: 21 273 81 02/05