Setas Login
Setas Newsletter Setas Agenda Setas Contactos Setas Mapa do Sítio    
Casa da Cerca - Programação
Casa da Cerca - Banner Festa da Casa da Cerca
Casa da Cerca - Banner Há Música na Casa da Cerca
Casa da Cerca - Banner FlickrCasa da Cerca - Banner Issuu
 
Página inicial SeparadorDestaques SeparadorGeografia Dormente, de Mónica de Miranda
Geografia Dormente, de Mónica de Miranda seta indicativa de direcção do conteúdo 
Separador

Exposição Mês da Fotografia - Mónica de Miranda
Mónica de Miranda, Linetrap 2, 2014

A Galeria Municipal de Arte apresenta, de 6 de novembro a 2 de fevereiro de 2019, a exposição de fotografia “Geografia Dormente”, da autoria de Mónica de Miranda.

A exposição, integrada na 8.ª edição do Mês da Fotografia ImaginArte Almada 2018, apresenta cerca de duas dezenas de fotografias e um vídeo que se debruçam sobre três temas que têm sido centrais na prática desta artista e investigadora: o pós-arquivo, o duplo e a paisagem.
Mónica de Miranda tem vindo a refletir sobre um território em mudança num estado de transformação permanente. Se, por um lado, recupera a memória de uma geografia, por outro, apresenta a ruína dessa mesma geografia e da sua história, expondo um património que exibe ainda as cicatrizes de um período colonial e pós-independência, e sugerindo esses lugares, e as suas construções naturais e humanas, como espaços em estado de dormência, à espera de um novo futuro.
As suas obras constituem-se como lugares de resistência, de encontro entre o passado e o presente, entre o continente africano e a sua diáspora, novas linhas que se cosem, mas feridas que permanecem. A sua geografia é uma constante interrogação, revisão e ressignificação da história.

Atividade Complementar:
Conversa na exposição com Ana Balona de Oliveira e Filipa Oliveira
12 de janeiro de 2019, às 16h


Mónica de Miranda (Porto, 1976)
Vive e trabalha em Lisboa e Luanda. Artista e investigadora, o seu trabalho é baseado em temas de arqueologia urbana e geografias pessoais. Licenciada em Artes Visuais pela Camberwell College of Arts, (Londres, 1998), Mestre em Arte e Educação pelo Institute of Education (Londres, 2000) e Doutora em Artes Visuais pela Middlesex University (Londres, 2014). É também uma das fundadoras do projeto de residências artísticas Triangle Network em Portugal e fundou, em 2014, o projecto Hangar – Centro de Investigação Artística, em Lisboa.
Em 2016, foi nomeada para o Prémio Novo Banco Photo, expondo como uma das finalistas no Museu Coleção Berardo (Lisboa, Portugal). Também foi nomeada para o Prix Pictet Photo Award no mesmo ano.
Expõe regularmente e internacionalmente desde 2004.


Sobre o Mês da Fotografia
O Mês da Fotografia é uma iniciativa organizada pelo Projeto ImaginArte Almada, que decorre durante o mês de novembro, estendendo-se até março do ano seguinte, e que através da realização de exposições, encontros e debates, pretende celebrar a fotografia e promover a reflexão de diferentes temáticas através dela.
Em 2018, a reflexão gera-se sob o tema "Património - Memórias e Emoções".


Imprimir Voltar   Imprimir Imprimir
 
Acessibilidade | Política de Privacidade | Ficha Técnica | Sugestões/Reclamações | Perguntas Frequentes
Copyright © 2007 Almada Informa. Todos os direitos reservados.