Setas Login
Setas Newsletter Setas Agenda Setas Contactos Setas Mapa do Sítio
Setas Pesquisa  
  Ok
   
Casa da Cerca - Programação
Casa da Cerca - Banner Festa da Casa da Cerca
Casa da Cerca - Banner Há Música na Casa da Cerca
Casa da Cerca - Banner FlickrCasa da Cerca - Banner Issuu
 
Página inicial SeparadorDestaques SeparadorExposições na Casa da Cerca
Exposições na Casa da Cerca seta indicativa de direcção do conteúdo 
Separador

Exposições patentes na Casa da Cerca
No ano dedicado aos Cinco Sentidos, estão patentes quatro exposições na Casa da Cerca que esperam a sua visita: Fazer Sentido apresenta-se  na Galeria Principal, no Salão Nobre e no Pátio; Sentidos de Nuno Alecrim está na Estufa; a exposição Desenhos de betão - estudos de luz, de João Dias, resultado da Residência Artística que realizou na Casa da Cerca está na Cisterna; e Jorge dos Reis apresenta a exposição Terra Plana, humanismo e formalismo, vinte anos de prática projectual em design gráfico, na Galeria do Pátio e na Capela.

Exposição Fazer Sentido
Vista da exposição (obras de Amélie Ducommum e João Leonardo)

Fazer Sentido
Exposição central da Casa da Cerca, em torno do tema anual de 2017, os Cinco Sentidos, a coletiva “Fazer Sentido” reúne obras de 11 artistas, relembrando que os sentidos estão ligados à perceção, emoção, e ao conhecimento, e a outras capacidades como a memória ou a imaginação.

Apresentando Desenho, Instalação e obras de caráter escultórico, a exposição dá-nos pistas para a discussão sobre a guerra e o medo (Pamela Golden); o sono e os sonhos, as esperanças criadas em criança e os medos que delas surgem (Ana Mandillo); a importância dos outros e a urgência de um abraço (Susana Pires); a celebração do quotidiano (José Batista Marques); a necessidade e oportunidade de contemplação (Ana Rita António); as ameaças e sobrevivência da natureza (Gabriela Albergaria e Edgar Massul); a beleza e a memória e a representação da natureza (Amélie Ducommun e João Jacinto); o corpo como lugar de conhecimento e violência, de vida e de morte (João Leonardo e Pedro Pires).

Organização: Casa da Cerca - Centro de Arte Contemporânea/ Câmara Municipal de Almada
Curadoria: Emília Ferreira e Vanda Piteira

Catálogo da exposição disponível.

Recursos para famílias >>

ENTREVISTAS AOS ARTISTAS:

Ana Mandillo >>

Ana Rita António >>

João Jacinto >>

João Leonardo >>

Pedro Pires >>

Sentidos, de Nuno Alecrim

Sentidos
Convidado para realizar uma exposição na Estuda do Chão das Artes, Nuno Alecrim invoca os sentidos e utiliza materiais deste Jardim Botânico.
 
Cada nicho da Estufa é dedicado a um sentido, através de uma envolvente obra gráfica minimalista.
 
Plantas trepadeiras, flores comestíveis, plantas aromáticas, especiarias, lãs, cordas e diferentes texturas levam o visitante a descobrir qual dos cinco sentidos está representado na obra que visualiza, tornando também esta obra site specific um trabalho que vai evoluindo ao longo do ano, acompanhando as estações.
 
Convidamo-lo a ver esta exposição, deixando-se hipnotizar pelo minimalismo dos padrões de Alecrim e sentindo-se à vontade para cheirar, ouvir, provar, tocar, olhar, sentir!
A exposição poderá ser visitada até 8 de janeiro de 2018.

Desenhos de betão, João Dias

Desenhos de betão - estudos de luz

Inaugurou no dia 3 de junho a exposição/instalação produzida por João Dias no âmbito da residência artística que realizou na Casa da Cerca. De 22 de maio a 2 de junho João Dias esteve em residência artística para desenvolver um trabalho em atelier aberto usando a Cisterna como espaço de inspiração e de intervenção, tendo como tema central “Os Cinco Sentidos”.

O que são as Residências Artísticas na Casa da Cerca?
As Residências Artísticas na Casa da Cerca são dirigidas a projetos no domínio das artes visuais, em particular do desenho, mas também a projetos com um carácter transdisciplinar e aglutinador de outras práticas artísticas contemporâneas. Desafia artistas para a criação de obras que possam ser produzidas no contexto da Casa, que reflitam inspiração na mesma, nos seus jardins, e no território em que se insere, tendo como ponto de partida um tema ou uma problemática.

RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS NA CASA DA CERCA – 2.ª EDIÇÃO | CISTERNA
22 DE MAIO >2 DE JUNHO

EXPOSIÇÃO/ INSTALAÇÃO
3 DE JUNHO > 29 DE DEZEMBRO


Terra Plana, Jorge dos Reis

Terra Plana, humanismo e formalismo, vinte anos de prática projectual em design gráfico
Jorge dos Reis é o artista escolhido para a criação da imagem gráfica da 34.ª edição do Festival de Almada. Como já vem sendo hábito, a Casa da Cerca apresenta uma exposição do artista. Intitulada Terra Plana, humanismo e formalismo, vinte anos de prática projectual em design gráfico, Jorge dos Reis, a mostra reúne várias dezenas de peças de obra gráfica, reveladoras das duas décadas de atividade do designer (Galeria do Pátio) e obra de desenho artístico (Capela). A exposição estará patente até 3 de setembro.


Imprimir Voltar   Imprimir Imprimir
 
Acessibilidade | Política de Privacidade | Ficha Técnica | Sugestões/Reclamações | Perguntas Frequentes
Copyright © 2007 Almada Informa. Todos os direitos reservados.