Setas Login
Setas Newsletter Setas Agenda Setas Contactos Setas Mapa do Sítio
Setas Pesquisa  
  Ok
   
Casa da Cerca - Programação
Casa da Cerca - Banner Festa da Casa da Cerca
Casa da Cerca - Banner Há Música na Casa da Cerca
Casa da Cerca - Banner FlickrCasa da Cerca - Banner Issuu
 
Página inicial SeparadorDestaques SeparadorExposições patentes na Casa da Cerca
Exposições patentes na Casa da Cerca seta indicativa de direcção do conteúdo 
Separador

Exposições patentes na Casa da Cerca
As exposições “Pôr o Corpo a Pensar“ e “Sentidos”, que introduziram Os Cinco Sentidos como o tema do ano 2017 na Casa da Cerca, complementam a exposição principal e esperam a sua visita.

Pôr o Corpo a Pensar


Pôr o Corpo a Pensar

A cisterna será um lugar para a fruição artística olfativa. “Pôr o Corpo a Pensar” tem como mote o livro homónimo da filósofa Maria João Ceitil. O comissário Miguel Matos entregou um excerto deste livro a um conjunto de artistas olfativos da perfumaria de autor para que pudessem sentir as palavras e traduzir as sensações provocadas em odores. Esta instalação artística é o resultado deste desafio que cruza os universos da arte, da filosofia e do cheiro. Uma experiência sinestésica e de corpo inteiro, através de um canal sensorial pouco explorado no mundo das Artes Plásticas, o olfato. Aos odores junta-se uma instalação sonora com composição para voz de Ondina Pires, que teve uma única apresentação ao vivo no dia da inauguração.
Artistas olfativos: (Itália), Antoine Lie (França), Antonio Gardoni (Itália), Anatole Lebreton (França), Lucas Gracia (Espanha), Sven Pritzkoleit (Alemanha). Voz: Ondina Pires(Portugal)
A exposição poderá ser visitada até 14 de maio.

Sentidos
Sentidos
Convidado para realizar uma exposição na Estuda do Chão das Artes, Nuno Alecrim invoca os sentidos e utiliza materiais deste Jardim Botânico.
 
Cada nicho da Estufa é dedicado a um sentido, através de uma envolvente obra gráfica minimalista.
 
Plantas trepadeiras, flores comestíveis, plantas aromáticas, especiarias, lãs, cordas e diferentes texturas levam o visitante a descobrir qual dos cinco sentidos está representado na obra que visualiza, tornando também esta obra site specific um trabalho que vai evoluindo ao longo do ano, acompanhando as estações.
 
Convidamo-lo a ver esta exposição, deixando-se hipnotizar pelo minimalismo dos padrões de Alecrim e sentindo-se à vontade para cheirar, ouvir, provar, tocar, olhar, sentir!
A exposição poderá ser visitada até 8 de janeiro de 2018.


Imprimir Voltar   Imprimir Imprimir
 
Acessibilidade | Política de Privacidade | Ficha Técnica | Sugestões/Reclamações | Perguntas Frequentes
Copyright © 2007 Almada Informa. Todos os direitos reservados.