Setas Login
Setas Agenda Setas Contactos Setas Mapa do Sítio Setas English Version    
 
Página inicial SeparadorDestaques SeparadorProjeto ReDuna II
Projeto ReDuna II seta indicativa de direcção do conteúdo 
Separador

Depois da colocação de 1 milhão de metros cúbicos de areia nas Praias de S. João, é tempo de ajudar a Natureza a recuperar

O regime climático e a agitação marítima da costa Atlântica nas últimas décadas, com temporais mais fortes e cada vez mais frequentes, tem criado condições para o aumento da atuação de fatores erosivos nas zonas costeiras.

Esses impactos acontecem também na linha de costa na Costa de Caparica, em particular no troço de S. João da Caparica, o que tem obrigado à execução de intervenções urgentes, fundamentais para a defesa das zonas de risco e avanço das águas. Dentre estas ações, destacam-se as ações de reposição e/ou readaptação das infraestruturas de defesa ativa do litoral que procuram minimizar riscos para pessoas e bens.

Neste contexto, a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a entidade competente nesta matéria, realizou durante o segundo semestre de 2019 ações de reforço sedimentar, necessárias e indispensáveis de defesa ativa do litoral, tendo-se alimentado o areal em várias zonas da costa da Caparica com um volume de 1 milhão de m3 de areia.

Na sequência desta intervenção foi desenvolvido o projeto ReDuna II, que consistiu no restauro do cordão dunar na zona das praias de S. João da Caparica, uma das áreas que sofrem mais os efeitos da erosão e das tempestades. A concretização deste projeto de restauração das dunas tem confirmado que os sistemas dunares naturais em boas condições ecológicas e geomorfológicas podem funcionar como excelentes barreiras de proteção costeira, respondendo dinamicamente durante os fenómenos erosivos e recuperando na época estival para uma nova situação de equilíbrio dinâmico.

Esta intervenção no cordão dunar, resultou na plantação de 12.100 novas plantas na duna frontal e a instalação de mais de 4.000m lineares de estruturas de regeneração e proteção dunar (vimes). Esta operação permitirá que a duna se restabeleça de forma natural, funcionando como zona de retenção de areias e amortecedor muito eficaz aos efeitos das tempestades.


 Projeto ReDuna II

 Projeto ReDuna II

 Projeto ReDuna II

 Projeto ReDuna II



ReDuna citado como exemplo a nível internacional

Foi recentemente lançado o relatório internacional “Restauração Ecológica para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, um documento que sintetiza os mais recentes dados e reflexões científicas em torno do conceito desenvolvimento sustentável e recursos naturais.

Este relatório resulta de um trabalho conjunto entre a UNCCD (Nações Unidas para o Combate à Desertificação), IRP (Painel Internacional de Recursos Naturais) e UNEP (Programa Ambiental da Nações Unidas) e pretende promover a integração deste conhecimento científico na agenda política dos diferentes países e regiões.

Neste trabalho são referidos exemplos de projetos inovadores ou medidas concretas que têm vindo a ser implementadas em diferentes locais por todo o mundo, com resultados positivos.

Foi neste contexto feita uma referência ao ReDuna, o projeto de restauro ecológico que tem lugar nas dunas de S. João da Caparica desde 2014, associado à concretização do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável ODS 11.  O projeto tem recorrido a soluções de base ecológica para recuperar o sistema dunar local, aumentando a capacidade de retenção das areias e tornando o cordão dunar mais resistente à erosão provocada pelo vento e pelo mar, para além de promover a qualidade ambiental, paisagística e turística da envolvente.

A experiência e resultados do ReDuna e o reconhecimento internacional que tem recebido, são um estímulo para prosseguir com aposta em projetos que integram soluções de base ecológica para um território mais resiliente.


> Relatório Internacional "Restauração Ecológica para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável" 2019


Imprimir Voltar   Imprimir Imprimir
 
Acessibilidade | Política de Privacidade | Ficha Técnica | Sugestões/Reclamações | Perguntas Frequentes
Copyright © 2007 Almada Informa. Todos os direitos reservados.