Programação da Casa da Cerca até março de 2020 seta indicativa de direcção do conteúdo 
Separador

PROGRAMAÇÃO 2020

14 MARÇO > 22 AGOSTO 2020

Seulgi Lee. NÓS NÃO SOMOS SIMÉTRICOS
14 MARÇO > 22 AGOSTO 2020
Galeria Principal
Seulgi Lee (Seul, 1972) investiga a forma como a sabedoria popular e o quotidiano podem ser traduzidos numa experiência artística representada por cores e formas geométricas. Lee reinterpreta objetos tradicionais como mantas, máscaras ou cestos de verga, neles incorporando a linguagem dos mitos, contos e provérbios. Fazendo referência a saberes artesanais milenares, Seulgi Lee cria objetos e desenhos que se assemelham a artefatos antropológicos de uma misteriosa sociedade.

William Forsythe. TECNOLOGIAS DE IMPROVISAÇÃO
14 MARÇO > 22 AGOSTO 2020
Galeria do Pátio
O coreógrafo norte americano William Forsythe (Nova Iorque, 1949) é considerado como uma das forças que mais contribuiu para a revitalização do ballet clássico no século XX. A Casa da Cerca apresenta o vídeo Lectures from Improvisation Technologies: um conjunto de pequenos vídeos, produzidos pelo coreógrafo com o objetivo de treinar os bailarinos de sua companhia, oferecendo-lhes uma perspetiva da sua abordagem à improvisação. Neste vídeo, Forsythe imagina o corpo como um dispositivo que "escreve" no espaço e no tempo e propõe um vocabulário que serve de ferramenta para construir movimentos. O seu corpo desenha formas geométricas invisíveis.

Ana João Romana. MANIFESTO PELO LIVRO
Curadoria: Ana Margarida Martins e Filipa Oliveira
14 MARÇO > 22 AGOSTO 2020
Sala de Leitura do Centro de Documentação e Investigação Mestre Rogério Ribeiro
Mais do que acreditar na terminologia ‘livro de artista’, Ana João Romana (Lisboa, 1973) defende a ideia de publicar enquanto prática artística. Esta exposição apresenta uma seleção das suas publicações com tiragem numerada e situam-se entre 2000 e 2020. São livros que editou como obras suas, mas também livros que publica em colaboração com outros artistas, ou ainda outros enquanto editora e mentora. Manifesto pelo livro - Fragmentos de um discurso amoroso é um manifesto bilingue português/inglês publicado no final do doutoramento de Ana João Romana sobre Livros de Artista. Este manifesto é uma compilação de fragmentos das entrevistas a artistas e editores, sobre o livro, as suas reflexões e desejos para o livro de artista, sobre o fazer do livro.

Sara Bichão. X
14 MARÇO > 22 AGOSTO 2020
Cisterna
X é uma escultura que se situa entre uma natureza morta e um autorretrato da artista enquanto luz. X é um corpo etéreo, feito de uma luz azul forte que invade e satura o espaço onde está depositado. A Cisterna transformou-se assim numa espécie de gruta ou num lago onde este corpo se afunda lentamente. 



26 SETEMBRO 2020 > 31 JANEIRO 2021

Pedro Barateiro
Galeria Principal

Adriana Progranó
Galeria do Pátio

Tania Bruguera. NARCISO
Cisterna

Dúvida Press
Sala de Leitura do Centro de Documentação e Investigação Mestre Rogério Ribeiro




Imprimir Voltar   Imprimir Imprimir